quarta-feira, outubro 24, 2007

A generosidade surge e flui



Quem por aqui passar e se sentar a descansar à sombra, apesar de hoje o Sol não ser visível a nossos olhos, debaixo das árvores está sempre uma bela sombra, quem por aqui passar e se sentar à sombra a dar dois dedos de conversa e a beberricar um chá quente que já sabe muito bem, notará, do lado direito um "selo"/"banner" (se não for esta designação digam-me) de Blog Solidário , que o amigo LUMIFE (e seu blogue BEJA), alma grande pelo que podemos ver nos seus três blogues, me ofertou, deixando-me embaraçado por sentir muita generosidade dele e pouca valia minha.


Este amigo, em seus blogues de grande qualidade e pureza. no amor à sua região e gentes, divulga também (e faz, que já li) poesia e largamente a cultura nacional com expressão Alentejana.


Agora, ai que me faz vir água aos olhos e...à boca no seu ALVITO vem divulgando de forma escorreita, precisa, rigorosa E atractiva a Feira

dos Santos e Frutos Secos.


Já há anos que lá não vou, mas guardo bem fundo em mim, o prazer do convívio simples, fácil, com as atenciosas e serenas gentes alentejanas. Nem falo dos pitéus.

Me fico pelo prazer do convívio pois foi o que mais me agradou.

Marca que ficará para sempre em mim, da 1ª ida.

Sempre ouvira dizer que o Alentejano era fechado, reservado....Falsidade maior.

Basta ir e todos verão e, principalmente VIVERÃO o contrário.

Até cantei modas com um grupo de famílias alentejanas que lá estavam e nos não conheciam de parte alguma.

Enfim, preconceitos são coisa que não falta neste minúsculo país dito de...brandos costumes.


E este amigo, o Lumife, não se fica por aqui. Ná.

Tem ainda um terceiro blogue, de seu nome: SABIA QUE...? onde com a paciência e perseverança do investigador presta um serviço público formativo e informativo, rigoroso e cuidado, sobre matérias várias, maioritariamente (todas as que li o eram) sobre saúde e o seu oposto.

A ele sim, merecidamente, o Selo do Blog Solidário.

E já que é da praxe, podendo esta ser alterada por quem quiser, mas hoje eu o não faço, o dou a alguns e algumas das amigas e amigos que por aqui vou conhecendo e creio que todos o erecerão por igual, mesmo os que não refiro aqui e hoje. Por isso, quem vier por bem, pegue e leve-o também consigo.


  1. Amaral Nascimento

  2. Ana Eugénio

  3. Cármen Villanova

  4. Cláudia

  5. Eduardo

  6. elsa sekeira

  7. José Gomes

  8. Manoel Carlos

  9. Orca

  10. Sophiamar



(foto retirada de um blogue do Lumife)
Como é bela esta terra alentejana.

17 comentários:

Manoel Carlos disse...

Em homenagem ao Alentejo, bebo um copo de Esporão ou de um vinho da Herdade Pinheiro e ouço Dulce Pontes cantar É tão grande o Aelnetejo, do álbum Primeiro Canto e Meu Alentejo do álbum Caminhos.
Fico imensamente grato pela distinção.

Diannus do Nemi disse...

.

Eremita... As vezes tenho vontade de ficar dentro de mim mesmo...

Abraço!

.

MARTA disse...

Um chá é sempre agradável - também gosto...
Não conheço muito bem o Alentejo - só estive em Évora, mas estou a planear outra visita a outros locais.
Obrigada pela sua visita...
Abraço
Marta

david santos disse...

Olá, Eremita!
Obrigada pelo teu trabalho, pois mostra uma das zonas mais lindas da Europa, mas que muitos portugueses teimam em não ver.
Obrigada também, por enviares um Mail à Embaixada do Brasil em Lisboa para que tenham vergonha e resolvam o caso da menina.
Obrigada por tudo.
Viva a solidariedade entre os humanos!

David Santos

hora tardia disse...

comovida. pela sua extrema generosidade.


algo de muito raro....no mundo de hoje.



abraço. sensibilizadíssima.



/piano. imf.

Sol da meia noite disse...

Obrigada pelo chá e pelo que dás a conhecer neste post.

Prémio bem merecido! Parabéns!

*

Sophiamar disse...

Amigo Eremita!
Parabéns, amigo!Merecido prémio! O Lumife também passa pelo meu blog mas , às vezes, o tempo não dá para tanto quanto quero. Tenho de lá ir. Sabes que o Alentejo é a minha segunda região?
Venho agradecer o prémio que me deixaste. À Tardinha, quando regressar da obrigação, colocá-lo-ei aqui neste meu cantinho.
Deixo-te beijinhos e um abraço apertado por te teres lembrado de mim. É muito bom ter amigos. Reais ou virtuais!
Obrigadaaaa!!!

OrCa disse...

Para que não subsistam dúvidas de que um eremitério não se confunde com falta de espírito solidário, temos então aqui um exemplo vivo.

A cada um a escolha dos seus acompanhamentos. Na verdade, é na grande cidade que germina a solidão. A pior de todas, a que é gerada pelo desinteresse.

Depois de calcorrear estes caminhos, com curiosidade e prazer, daqui, de junto ao mar, deixo o meu abraço solidário... e agredecimentos pela distinção

Sophiamar disse...

Passei para te desejar um bom dia e que as tuas caminhadas domingueiros te continuem a conceder encontros que nos possas descrever como costumas fazer.Tens o mundo ao teu alcance, caminheiro, e os amigos à tua espera.

Beijinhos

mixtu disse...

parabéns.
e sim, o alentejo é unico e as suas gentes...

abrazo europeo

Bichodeconta disse...

E eu assino por baixo tudo o que aqui foi dito do meu querido Alentejo.. Um abraço

Lusófona disse...

Sentei e deixei-me ficar um bom bocado, apreciando as palavras em cuidado carinho sobre pessoas.. Pois gosto de gente que gosta de gente =0)

O prémio foi merecedor, e visitarei o blog que o indicou

Parabéns!

Beijos e fica bem

Sophiamar disse...

Bom feriado, amigo caminheiro. Espero a tua visita.

Saúde, boa disposição.


Beijinhossss

Lumife disse...

As palavras que acabo de ler, no regresso do meu Alentejo,encheram-me a alma de paz. Acabado de chegar pleno de euforia daqueles ares ainda puros, onde sentimos um infinito amor por tudo que vivemos e recordamos, sentimos uma voz de gratidão a agradecer o que tão bem lhe é merecido. Todas as palavras que me dirige guardei-as com amizade. Agradeço os sentimentos que quis partilhar mas mais não faço do que aquilo que o coração manda.


Um abraço de muita amizade.

Sei que existes disse...

Parabéns! É um prémio bem merecido!E o chá vinha mesmo a calhar...
Beijinhos grandes

Cláudia disse...

Meu querido eremita...
Problemas técnicos no meu computador têm-me impedido de visitar os amigos como gostaria.No entanto quero agradecer-te com todo o carinho pelo selo que me atribuis.Fico muito feliz por ti, e muito comovida por te teres lembrado de mim.Um bem-haja para ti...

a.filoxera disse...

Que maravilha! Há uma semana eu andava pelo Alentejo, e já estou cheia de saudades...