quarta-feira, janeiro 02, 2008

Balanço, balançando…

1-
…mas o balancé tem os braços desequilibrados
. Nem sei se os parafusos não estarão ferrugentos, a cair de podres, de forma que me não sinto seguro.
Mas poderão avaliar por vocês mesmos e concluir. Eventualmente alertar-me para o perigo que corre quem balanceia neste balouço e, para tal aqui deixo alguns – porque estes representam só a ponta do iceberg. Muitos mais surgirão não tarda - números de referência:
Vencimentos e reformas não puderam ter aumentos superiores à “inflação” – 2,1% (?);
Em Outubro de 2007 o INE referiu como valor alcançado pela inflação – 2,4%;
Entretanto, ao 2º dia do novo ano, 2 meses e dois dias (mais coisa menos coisa) depois da estimativa do INE verificaram-se os seguintes aumentos:
- Pão – 30%
- Leite – 12%
- Transportes – 3,9%
- Gás – 3,6%
- Electricidade – 3,6%
- Portagens – 2,94%

Como se vê não é só a tradição (como diz o slogan) que já não é o que era…A matemática também não e com o desencontro entre estes valores receio pela minha vida.
Uma queda abrupta do balancé de nome portugal (assim mesmo com letra minúscula pois os balancés podem ter nomes próprios mas não obrigatoriamente com maiúsculas) é ameaça real. Vejam só:


AUTO-CONSELHO – podem usar a abusar. Melhor aprender a saltar em…altura.

2 – Passou despercebido mas acabaram as guerras. Festejemos
.
Ontem decorreu o dia Mundial da Paz.

As guerras acabaram no mundo. Já não era sem tempo.Acabaram as guerras: Israel-Palestina; Afeganistão; Iraque; Paquistão; Quénia…..............................................................................................................................

Desculpem.

Escrevam vocês as restantes.

Há algo em mim que dói de uma forma que me tolhe todo e os dedos recusam teclar, de paralisados.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

NOTA: hoje aprendi uma coisa nova.

Se utilizarmos o computador de outra pessoa temos que o abrir na nossa conta senão tudo o que escrevermos, post's ou comentários, o compuatdor assume como do proprietário.

Agora parece-me elementar, mas só depois do erro e da pergunta feita, que me levou à descoberta deste aspecto.

Estou em casa de amigos que também têm casa no Porto (convidaram-me para almoçar. Vamos fazê-lo agora) e uma outra blogger (amiga deles) emprestou-me o computadoier dela aberto e vai daí eu desatei a ler e comentar sem mais. Claro que deu asneira.

16 comentários:

isabel mendes ferreira disse...

bom ano a sorrir imenso da dita "trapalhada"...:))))

por acaso até conheço A TMARA..uma amiga de muito tempo...:)


mas adorei receber.te de novo.


beijos. a minha casa é a tua casa.



beijo dulcíssimo.

Sophiamar disse...

A amizade ficou do tempo em me ofereceste um trevo. Está lá no meu mar. A tua presença é sempre bem vinda. Faça chuva ou vento, a tua presença correrá de feição.
Quanto ao balancé estou cansada, enjoada, desiludida...
o Jerico é inteligente e sabes bem que aprender é até morrer.

Beijinhos desta onda do sul que anda um bocado embrulhada.

MARIA disse...

Olá Eremita,
Pois é verdade que o ano não começa com bons indicadores. Já ninguém acredita no contrário, mas temos que acreditar, sempre, que alguma coisa poderá ser feita para alterar este triste estado de coisas e não desfalecer na determinação e na luta.
Que bom que pegou no computador da sua amiga. É sempre tão especial tudo aquilo que escreve.
Apesar de tudo, desejo-lhe um ano muito especial e feliz. Que se concretizem todos os seus melhores sonhos, como claramente merece.
Um beijinho amigo
Maria

bettips disse...

Não sabes que "os burros velhos não têm andadura"? Tal qual eu... mas olha que gosto de animais mansos e compreensivos, bons para o meu equilíbrio.
A intenção, amigo, a intenção é tudo! Conheço a Tmara mas os dizeres calham mais contigo.
Não faço balanços nem esperanças.
Só bons desejos: "oxalá".
Mas a ti desejo que a Amizade conforte e o SOL te brilhe nesse horizonte invejável e puro. Tens essa pequena sorte, aproveita-a.
Aqui ficam os laços que vamos construindo.
E abraços.

a.filoxera disse...

Aqueles dados político-económicos são os que me ocorrem nos omentos inaugurais de cada ano, quando anda meio mundo na rua a celebrar num entusiasmo postiço...

rui disse...

Olá Eremita

Um Bom Ano!

Grande abraço

as-nunes disse...

Um lugar de sonho para se sentir a vida como eremita, esse encanto da natureza que é Peneda Gerês.
Pena é que mesmo num retiro como esse se sinta também a carestia da vida, as discrepâncias das estatísticas em relação ao que a vida real nos diz, hora a hora, dia a dia...
O que se passa neste país? Tantos impostos, cada vez menos investimento público, os cofres do Estado vazios? Alguém, que não a maioria do Povo, anda a esbanjar o nosso dinheirinho!
-
De vez em quando calha a vez a cada um de nós de fazermos "burrices".
Ninguém nasce ensinado, não é?
BOM 2008. Pois, pois.
António Nunes

Bichodeconta disse...

Cá para mim esse almoço foi de gritos..Não stres, até tem a sua graça, na vida sempre nos acontecem essas coisas, não tem mal .. Ainda ri.. PARA TI, NÃO DE TI..UM ABRAÇO.ELL

un dress disse...

gostei muito dos comentários!

no teu nome ou não!! :)

gosto de burrinhos gosto de baloiços e balanços quando na sua só existência SÃO!...

simplesmente são lugares de colos que, nos dois casos, ondulam! :)

quanto ao mundo...só se fizer sentido de pernas para o AR!




:) beijO...redOndamente 2008...

Leonor disse...

eremita
é notoria a grande sensibilidade do teu ser em todos os teus post.
eles dao sempre que pensar
beijinhos

Ricardo Soares disse...

estou voltando à ativa ... e desejando um feliz 2008 pra você...
abraço
ricardo

Simone disse...

Desejo-lhe um Feliz 2008

Beijinhos

Simone

Sophiamar disse...

Em dia de Reis venho desejar que recebas os presentinhos que todos desejamos: Saúde, Alegria, Amor, Amizade....

Beijinhossss

Amita disse...

Olá Eremita
A tradiçao já nao é o que era :) e além de nao e se dar bem com a matemática, sofre de uma grande incompatibilidade com todos os sectores dos estudos humanísticos. E que pena ser fruto dos tempos...
Todas as previsoes nos levam a crer que este ano será muito balanceado e pergunto-me se haverá balancés para todos...(mais uma medida que terá de ser tomada? LOL)
Apesar de tudo, que 2008 seja um bom ano para ti e que a vida te sorria.
Um bjinho grande

Sei que existes disse...

Pois é, com estes aumentos exorbitantes e injustificáveis que se têm vindo a verificar ano após ano, e o baixo ou nulo aumento dos vencimentos ou reformas de quem alimenta este país desgovernado, não faço idéia de onde vamos parar ou como sobreviver...por certo uma grande percentagem de gente irá cair por completo do balançé!
Mas o melhor mesmo é tentarmos não desesperar e ir tentando levar a vida o melhor possível, se bem que sei que por vezes isso se torna mesmo dificil...
Beijocas grandes

Anónimo disse...

há...sim...(nota-se assim tanto?)



beijo.O. pela sinceridade das suas palavras. que fazem bem a alma.

grata. gratíssima.


e sim a Tmara é uma "menina"....

que a vida a conserve assim. :)


re.beijo.




___________________


imf (piano)